Shalom

Levanta, deixe suas muletas e anda; confira o testemunho da jovem que foi curada durante a Santa Missa

Enquanto participava da celebração presidida pelo Padre Antônio no Shalom da Paz, em Fortaleza, Beatriz foi surpreendida pela ação do Espírito Santo, e foi curada.

comshalom

Em Fortaleza, às quintas-feiras no Centro de Evangelização Shalom da Paz, há tradicionalmente a Missa com momento de cura e libertação, presidida por Padre Antônio Furtado, missionário da Comunidade de Vida. Uma celebração rica na abertura aos dons do Espírito Santo.

Neste tempo de pandemia, participar presencialmente tornou-se algo escasso, pois há um número limitado de vagas para a Santa Missa. Mas ainda são colhidos curas e milagres, seja por quem está presencialmente participando ou acompanhando on-line.

Em um desses momentos, uma jovem recebeu uma cura, conseguindo deixar as muletas e poder andar sem este apoio. Confira o testemunho da Beatriz.

“Olá, me chamo Beatriz de Lima Costa, tenho 23 anos, venho dar o testemunho de um grande milagre que o Senhor me concedeu dia 08 de julho na Comunidade Shalom, durante a missa por cura e libertação.

A dificuldade no diagnóstico

Tudo começou no dia 24 de março deste ano, onde amanheci apresentando um quadro de tonturas e zumbidos no ouvido. Ao longo dos dias a situação foi se agravando para formigamentos no corpo e dormência sobre os quatro membros, por momentos desapareciam e voltavam.

Sem conseguir movimentar e andar sozinha, passei por muitos momentos que jamais pude imaginar passar, desde o amanhecer ao deitar-se, quanto aos afazeres diários, sempre dependendo 100% de alguém. Entre idas e vindas a médicos, realizações de exames, nada conclusivo e sem diagnóstico. Obtive melhoras ao longo dos meses, devido aos processos fisioterápicos, mas ainda com muita dificuldade de locomoção, principalmente, todo o lado direito.

Até que o dia mais lindo de minha vida chegou, e Nosso Senhor me escolheu, concedendo-me a graça de voltar com os movimentos, de locomover sozinha sem a ajudar de pessoas e objetos materiais. Esse dia ficará marcado para sempre em minha vida e eu sei o quanto o Senhor preparou tudo para que eu pudesse chegar nesse lugar (Comunidade Shalom), exatamente nesse dia, 08 de julho deste ano.

A providência em estar na missa

Acredite, tudo é providência divina. Um dia antes de tudo isso acontecer, eu falei para minha sogra que queria muito ir a uma missa que tivesse um momento com Adoração ao Santíssimo Sacramento, ela pensou e disse, “existe o Shalom, todas às quintas, vamos amanhã?” E eu confirmei. Após minutos de silêncio, apareceu uma senhora, que não conhecíamos no portão de casa, pedindo por favor, para que lavássemos uma bolsa de Nossa Senhora Aparecida, pois aquela bolsa ela iria usar para ir a missa no Shalom.

Ficamos sem entender, mas pegamos a bolsa e lavamos, pois ela viria pegar no dia seguinte. Chegando no dia, ela buscou a bolsa, agradeceu e disse, até mais tarde, e replicamos até mais. Chegando no Shalom, ela estava em frente ao palco, onde ocorre as celebrações, e nos juntamos a ela e juntas vivemos toda a missa.

No momento da Adoração tudo aconteceu, o grande milagre veio. Com muita fé e súplicas pedi ao Nosso Senhor a minha cura. Jesus Sacramentado passou bem perto de mim e foi embora, nesse momento minha fé fraquejou, mas não deixei de suplicar e muito menos deixei minha fé ir embora, continuei.

Quando Ele estava voltando foi direto em minha direção, que momento, que emoção, consegui me ajoelhar diante ao Santíssimo Sacramento ao som da música ‘fui curado pelo Sangue de Jesus’ (que jamais saíra da minha cabeça) e juntamente caminhar sozinha, independentemente. Foi surreal, não é possível explicar o inexplicável.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Padre Antonio Furtado (@padreantoniofurtado)

A tudo ser sempre grata

Gratidão é meu sentimento de todos os dias. Sempre fui de agradecer mesmo na dificuldade, pois aprendi que em tudo devemos dar graças, por mais difícil seja o momento em que você esteja passando.

Ainda questiono quanto ao fato de ter sido a escolhida, sendo um ser pecador, mas ao mesmo tempo, sei que o Nosso Senhor nos conhece tão bem quanto a nós mesmos.

Já pedia em minhas orações, para que eu pudesse ser exemplo vivo de seu amor diante as pessoas e hoje, após esse grande milagre peço ainda mais para ser exemplo de muita fé e amor para todos que me cercam. Que toda Honra e Glória sejam dadas a ti, ó Senhor”.

_________

 

Há alguns dias atrás, a jovem foi até o Shalom da Paz e lá deixou como doação, mas também como agradecimento, as muletas, que a auxiliaram neste tempo de comprometimento físico.

Hoje, Beatriz pensa em engajar em algum grupo de oração e conhecer um pouco mais sobre o Carisma e a Comunidade Shalom, mas ainda é algo muito novo.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *