Mundo

Líder espiritual do islamismo sunita acolhe o apelo do Papa Francisco pela paz

Islam

O Grão Mufti da Síria, Ahmad Badreddin Hassou, líder espiritual do islamismo sunita, acolheu o apelo do Papa Francisco e estará rezando e jejuando pela paz, na Praça São Pedro, se possível, ou na grande mesquita dos Omayyadi, em Damasco.

O Mufti enviou, por meio da Nunciatura Apostólica em Damasco, uma carta oficial ao Papa Francisco, onde diz preparar-se para participar do dia especial em favor da paz na Síria, em 7 de setembro, ao mesmo tempo que propõe à Santa Sé a organização de um encontro interreligioso.

“Louvando a iniciativa de rezar pela paz na Síria, o Mufti define o apelo do Papa Francisco “filho das leis celestes” – como “bom e pelo bem da humanidade”.
“Sua Santidade – diz o texto entregue à Agência Fides – agradecemos por este apelo de grande humanidade, baseado na fé, para jejuar e rezar ao Deus Onipotente, para que Ele possa trazer a paz à Terra e nos proteger do poder do mal e da opressão”.
Palavras do Papa que, segundo o Mufti, estão em contraste “com todos aqueles que escondem a luz resplandecente da fé, da caridade, da misericórdia e da paz, que ele pede e que todos nós pedimos, como pediram os Profetas e os mensageiros de Deus”.

Mostrando “profunda gratidão pela sua atenção espiritual”, o Mufti exprime o desejo de “estar ao lado do Papa no instante em que a oração será elevada ao Deus Altíssimo” e enfatiza: “estaremos de qualquer modo juntos, no 7 de setembro, para elevarmos a nossa súplica a Deus”. E propõe à Santa Sé que organize “um encontro inter-religioso com os líderes espirituais, em Damasco ou no Vaticano: “quem sabe assim conseguiremos parar o fogo de quantos querem destruir a Terra de Abraão, de Moisés, de Jesus, de Maomé”.

“Permaneçamos lado a lado – prossegue a carta – na difusão da paz e da segurança para todos os povos do mundo, para contrapor os extremistas e as divisões baseadas na confissão religiosa ou de etnia. Continuemos a nossa viagem nas pegadas dos Profetas, dos Santos, dos justos e dos homens de boa vontade”.

“Que possa permanecer, Sua Santidade, sob a proteção, a guia e a Providência de Deus, assim chegaremos juntos ao lugar da plenitude da fé e da luz”.

Fonte: news.va


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *