Notícias

Pe. Neilson Pereira: Meu coração se abriu para a possibilidade do sacerdócio

Neilson Pereira é um dos seminaristas da Comunidade Shalom que será ordenado padre no dia 12 de dezembro de 2020 em Fortaleza – CE. Confira a seguir o testemunho do missionário sobre o seu chamado ao sacerdócio.

comshalom

Meu nome é Neilson, sou consagrado da Comunidade de Vida com promessas definitivas no Carisma Shalom, tenho votos perpétuos no Celibato pelo Reino dos céus e sou diácono. Hoje é a minha ordenação presbiteral e me tornarei sacerdote.

Quando paro pensar em tudo isto, vejo o quanto Deus fez em minha vida. Meu coração se enche de alegria e de louvor por ver como Deus foi me conduzindo ao longo destes anos na Comunidade e no seminário.

Desde o início da minha adolescência eu já pertencia à Igreja, fazia parte de grupos de oração na Comunidade Católica Shalom, mas se alguém me perguntasse se eu queria ser padre a resposta era bem evasiva: “Não, Deus me livre!” A resposta não era das melhores, eu admito. Eu queria, como todo mundo, fazer minha faculdade, ter meu emprego, minha família enfim ter uma vida normal.

Um grande milagre de Deus

Quando eu entrei na Comunidade de Vida, que já foi um grande milagre de Deus, meu coração começou a se abrir para a possibilidade do sacerdócio. Já no meu postulantado, durante as missas diárias, eu começava a me questionar sobre o grande mistério que é a Eucaristia. Começou então a surgir um questionamento em meu interior: “Será que Deus está me chamando ao sacerdócio? Ele está me atraindo pelo mistério eucarístico?” a isto eu mesmo respondia: “Não! Deve ser coisa de minha cabeça”.

Essa voz não me deixou nos quatro anos seguintes. Na verdade, ela foi se tornando mais forte. Foram quatro anos amadurecendo e reconhecendo que era Deus que me chamava. Então, eu criei coragem e pedi o ingresso no seminário. Comecei os estudos em filosofia em 2011, mas entrar no seminário não era a segurança de que novos e antigos questionamentos não viriam, mas, pelo contrário, eles vieram, e com toda a força.

Deus nunca me deixou só

O sonho de casar, de ter esposa e filhos era eminente em meu ser, parecia que a luta estava apenas começando. Deus nunca me deixou só, a Sua voz era forte, clara e convincente. Sempre que eu O questionava, Ele me respondia por meio da Palavra, da formação pessoal, da confissão ou ainda por meio de um irmão de casa ou de uma pessoa desconhecida. No fim da faculdade de filosofia, não haviam mais dúvidas.

Veio então o período mais difícil, um período de investida do inimigo, eu diria. Começou a surgir em meu ser outro questionamento: “Quem você pensa que é para consagrar a Eucaristia?  Você é tão cheio de pecados, tão fraco”. No início do curso de teologia, fui me confrontando com os meus pecados e fraquezas e pensando que realmente eu não seria capaz. Mais uma vez o Senhor veio em meu auxílio para me fazer compreender que a é a Sua graça que me faz capaz. Não são as minhas forças que vão me fazer um bom padre, mas a ação do Espírito Santo unida ao meu desejo de fazer a vontade de Deus.

Agora, bem próximo da minha ordenação, sei que não caminho sozinho, caminho na graça de Deus, cheio de confiança e de temor, pois sei que é Ele quem vai completar esta obra em minha vida. A você que me lê, peço apenas que interceda por mim, para que essa obra se concretize em minha vida.

Eis-me aqui, Senhor! Envia-me!

Neilson Pereira Alves


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *