Shalom

Misericórdia e intimidade com Deus no Halleluya Natal

Espaço da Misericórdia proporciona às pessoas que o visitam a oportunidade de mergulharem no amor de Deus e terem uma experiência com Jesus. Entre batidas de guitarras e stands, pode-se encontrar um oásis de silêncio e oração.

comshalom

O coração do 10º Halleluya Natal pulsa forte com experiências de adoração ao Santíssimo Sacramento, aconselhamento e confissões. O Espaço da Misericórdia proporciona às pessoas que o visitam a oportunidade de mergulharem no amor de Deus e terem uma experiência com Jesus. Entre batidas de guitarras e stands, pode-se encontrar um oásis de silêncio e oração.

Após um intenso momento de intimidade e adoração diante do Santíssimo Sacramento, com o rosto ainda emocionado o estudante Elivelton Morais, 19 anos, declara, “Cheguei aqui com o coração machucado, não só com coisas que aconteceram agora, mas com coisas que aconteceram no passado, na minha infância. Estar aqui e colocar isso para o Senhor, diante Dele foi uma das formas que eu procurei para aliviar minhas dores e um pouco do que passa, do que vivo. Isso me fortalece na batalha espiritual junto a Cristo”, conta.

Momentos inusitados também acontecem para atrair as pessoas para o aconselhamento. O estudante José Neto, 14 anos, estava jogando um papel na lixeira quando foi chamado por um servo para receber oração. Ele assim afirma: “Na verdade eu vim deixar o lixo aqui e Daniel veio aqui, me chamou e perguntou ‘Posso rezar por você?’, eu respondi que sim. A gente rezou e ele falou que eu estava me sentindo muito vazio, eu confirmei tudo. Ele falou que eu sempre podia contar com uma pessoa, que Deus ia estar lá. Eu estou bem melhor e bem mais aliviado, feliz em participar do evento”.

Transformar-se buscando a santidade, esse é o testemunho da  estudante Maria Cláudia, 14 anos: “Vou mudar o que fiz de errado e tentar não cometer mais esses erros e melhorar tudo, tendo esses erros como experiência”. 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *