Formação

Moysés Azevedo: O estilo Shalom é sair de si

Moysés explica as condições para se adotar este estilo de vida.

comshalom

Para que cada pessoa consiga viver a dinâmica da oferta de vida em favor dos outros, são necessárias algumas sadias disposições, segundo Moysés Azevedo. Confira quais são elas.

“Primeiro, a pequenez”, pontua. “A graça de Deus age em nós porque somos pequenos. Não somos os melhores. Deus escolhe o pequeno para manifestar suas forças. Na nossa pequenez está a força de Deus. Deus quer fazer grandes coisas com sua vida consagrada. A graça de Deus quer passar pela sua carne, pela sua oferta de vida. Não tenha medo do que Deus quer fazer na sua vida. Tenha a coragem de assumir a identidade Shalom, de partir em missão, de ofertar a vida”.

O fundador segue, enumerando. “Segundo, a  vivência da misericórdia.” Para falar deste tema, Moysés relembrou o dia dedicado a misericórdia durante a Convenção Shalom, em 2017. “Em Assis, vivemos um momento forte”, afirmou. “O frei Raniero Cantalamessa recordou que a igreja ensina a verdade e consola a humanidade. Ela é o rosto misericordioso de Cristo, a Verdade. Não encontraremos consolação na vida se não formos instrumento de consolação. Vivemos um tempo dramático da humanidade. Perdemos a identidade de homem e de mulher, de família, perdemos o conhecimento da fé. Não vivemos apartados do mundo, mas inseridos nele como instrumentos de  consolação. Devemos ter um olhar de compaixão e ter uma vida doada, devemos ter um olhar de esperança”.

Em terceiro, lugar, Moysés fala do sadio sair de si mesmo em vista dos outros. “Não podemos falar apenas da misericórdia, mas temos que compartilhá-la, saindo de nós  mesmos. Você consegue sair de si, dos seus planos, deos seus interesses? Esse é o estilo de vida Shalom”.

O quarto ponto é a caridade fraterna, que consiste na paciência em passar o Carisma entre as gerações. O quinto ponto é a urgência missionária, que leva alegria e felicidade aos outros. “Se sua vida consagrada é triste, a origem disso é a sua vida centralizada em si mesma. Tristeza é estar em si mesmo. Sua vida consagrada será exigente até o fim. Ela não é centrada nas suas preocupações ou nos seus consolos. O resultado de uma vida consagrada voltada para si mesma é uma oferta sem sentido, voltada para as cebolas do Egito. Você lembra a alegria das exigências no início da sua vida consagrada? A humanidade quer ver em nossa vida o Carisma, o sair de si, a oferta de vida. Que todos se ofertem, a começar dos mais antigos. Eles fecundam a vida da Comunidade. Os jovem se inspiram. Que o rio seja caudaloso, portanto”.

Por fim, Moysés falou das mãos suplicantes, que simbolizam a intercessão, essencial para o sustento de todos.

Leia também

Moysés Azevedo completa 61 anos | Conheça a história do fundador da Comunidade Shalom


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Este ano o halleluya de natal foi maravilhoso foi muito forte onde através da evangelização do thiago brado podemos se revestir da misericórdia de deus em nossa vida com a musica so temos hoje ela nos fala que devemos perdoar mais amar mais pois não sabemos quanto tempo termos pra respirar. So que esta musica ficou marcado pra minha filha onde ela evangeliza dentro da comunidade através da musica onde sua banda obra nova que tinha seu objetivo de evangelizar no exato momento foi cancelada minha filha ficou arrasada não porque não estava no palco principal mais porque simplesmente ela estava evangelizando mesmo doente da garganta mesmo cansada do correria do dia mais como diz a musica a onde mandar eu irei evangelizar não importa a onde apenas evangelizar ,pois falei pra e se acalmar pois tudo e no tempo de deus e não no nosso , o dom que deus lhe deu ninguém tira mesmo com tudo que minha filha ta passando e ja passou de onde ela jamais imagino hoje a Comunidade Católica Shalom na vida da minha filha e como um sirineu , o telefone de contado dela e (084)98853-6986 – Lorena , desculpa o desabafo de uma mãe , não perca esta ovelha ela e muito valiosa tanto pra mim como pra comunidade. SHALOM – rumo ao hallelluya 2019. assina Sandra a mãe da Lorena o meu contato (084)98794-6827