Shalom

Nova primavera: Ressurreição

comshalom

Não obstante às minhas quedas, vejo um levantar em todas, sobretudo, hoje.

A pequena árvore seca que teve seus galhos e folhas destruídos com o passar das estações enxergou-se em um processo doloroso de crescimento durantes os últimos (40) dias.  Mas hoje amanhece mais bela do que antes de toda a poda. Inúmeros galhos com folhas e frutos são distribuídos à terra para os que passam colher. Sua sombra agora pode dar a outros o descanso que vezes não tivera em meio às estações.  Ela não reclama do que passou, pois sabe que precisou viver tudo e “ah, se não as tivesse vivido”.

A árvore que com o passar do tempo fincou suas raízes ao chão, hoje vento algum abala. Sua copa pode até balançar, mas seu corpo e raízes não pendem para lugar algum, pois sabem onde devem estar.

Reconheço muito mais a árvore que sou, as inúmeras fases que passei e no fundo, no cerne desta madeira, há muito mais do que qualquer um pode ver, há muito maisforça e desejo de simplesmente ser quem é e para o que foi criada. E não obstante às minhas quedas, quero levantar em todas elas. Quero continuar assim. Sendo uma árvorepropensa a deixar que minhas folhas caiam novamente, na certeza de que o Sol que entre todas as estações, vezes se escondeu, vezes ofuscou, sempre me deu todas as razões para permanecer firme ao solo. Que enfim, é fértil.

Hoje vejo uma nova primavera. O raiar de um sol que aquece e ilumina toda e qualquer escuridão ou visão deturpada de felicidade. E quando o outono e inverno chegarem, lá estará Ele, fazendo com que tudo tenha sentido em meio ao silêncio ou dor, tornando calor em motivos para recomeçar todo o processo, que é constante. Reaquecendo toda a frieza que contenho em mim e acendendo de novo toda a luz de amor que se perdeu. E será constante. Será amor. Será Ressurreição. Será Deus.

​​​​​​​​​

Ingrid Helena
Discípula da  Comunidade de Aliança – Missão Santo André (SP)


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *