Shalom

O que há de mais intenso que a alegria das cores?

A alegria do carnaval contagia todo o Brasil e pessoas de todas as idades. A alegria da festa, a alegria de estar com os amigos, a alegria da liberdade, a alegria que torna a juventude viva e vibrante como as cores. Como saciar o anseio por essa alegria e torná-la cada vez mais viva e forte dentro de nós? A alegria que buscamos como um grande abismo busca o sentido de ser.

Como tornar concreto o nosso desejo de eternidade quando os dias de festa e de alegria passarão? O carnaval acaba com a quarta-feira de cinzas e com ele a nossa alegria, mas as cores continuam vibrantes e vivas… As cores permanecem com o vigor e o brilho originais do seu ser. As cores mancham e marcam fortemente tudo aquilo que tocam. As cores iluminam tudo aquilo que tocam.

O que pode ser tão constante como as cores para preencher o abismo, aparentemente, insaciável, que deseja pela felicidade? Abismo que nem mesmo a mais bela e intensa das cores é suficiente. Nada! Nada como um outro abismo tão maior que o primeiro, origem de toda e qualquer alegria: o Amor. O amor que é uma pessoa, Jesus Cristo, por quem e para quem tudo foi criado, tudo foi feito. Ele é a origem de todas as coisas, inclusive do tempo. Ele marca com a eternidade tudo aquilo que toca. Ele transforma a mera alegria na alegria que não passa, mas que perdura pela eternidade.

Essa é a experiência que somos convidados a fazer na Festa das Cores: deixar-se manchar pela vibração e vida das cores. Ter a coragem de conhecer Aquele que é a verdade, que é a alegria que não passa no final do carnaval e depois espera, na abstinência, a próxima festa de vazia e mera alegria. O carnaval vai ser assim, não, “mais um”, mas a porta para uma grande aventura no imenso abismo de intensas cores. Você… tem coragem?

Sâmia de Almeida


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *