Mundo

Papa Francisco pede aos chefes de Estado do G20 que abandonem a pretensão de resolver o conflito sírio com meios militares

Palácio de São Petroburgo onde decorre a Cimeira
Palácio de São Petroburgo onde decorre a Cimeira

Numa carta ao Presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, que preside em San Pietroburgo à Cimeira do G20, o Papa Francisco dirige um apelo a uma solução pacífica para a crise da Síria, encorajando os chefes de Estado que nela participam a “encontrar vias para superar as contraposições”, abandonando “a vã pretensão de uma solução militar” e empenhando-se “com determinação e coragem, numa solução pacífica através do diálogo e das negociações entre as partes interessadas com o apoio concorde da comunidade internacional”. É “um dever moral de todos os governos do mundo (sublinha o Papa) favorecer todas as iniciativas que visem promover a assistência humanitária àqueles que sofrem por causa do conflito, dentro e fora do país”.
Relativamente à “promoção da governabilidade das finanças mundiais”, o Papa recorda a necessidade, no actual contexto de crise, de “regras justas e claras, para conseguir um mundo mais équo e solidário”. “A economia mundial poderá desenvolver-se realmente na medida em que conseguir permitir uma vida digna a todos os seres humanos, desde os mais idosos às crianças ainda no seio materno” e isso não só nos países membros do G20, mas a todos os habitantes da Terra, mesmo aqueles que se encontram em situações sociais mais difíceis ou nos lugares mais remotos”.

/Fonte: news.va


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *