Notícias

Pedre Ticiano Cavalcante preside primeira missa no Shalom Sobral

Recém-ordenado sacerdote no dia 23 de dezembro, Padre Ticiano Cavalcante presidiu sua primeira missa no Shalom Sobral, missão na qual o missionário teve sua experiência com Deus e ingressou em um grupo de oração.

comshalom

A santa missa foi presidida no domingo, 5, e concelebrada pelo Pedre Paulo Henrique. Durante a Santa Missa, Padre Ticiano disse que não poderia deixar de estar no Shalom Sobral para celebrar a eucaristia em louvor e gratidão a Deus. O sacerdote será enviado para a missão Shalom de Taiwan, China. 

“Os magos do oriente vieram trazer os presentes e hoje nós queremos levar esses presentes para o povo do oriente. O sacerdote é feito pela oração do povo de Deus. Quero pedir oração por mim, por essa missão e esse novo de Deus”, disse.

Pe. Paulo Henrique saudou Pe. Ticiano e disse ser uma grande alegria tê-lo na terra de Sobral.

“Pe. Ticiano, filho desta terra, é um grande alegria para nós como missão acolhê-lo como padre. Celebrando essa festa dos reis magos que vieram do oriente trazer os dons e você vai partir para o oriente e levar o que tem de melhor. Esse Natal foi diferente porque o Senhor veio se fazer presente na sua carne e te fazer sacerdote e de forma especial dar-se em seu maior dom que é seu filho Jesus Cristo. Que você ilumine a humanidade com seu sacerdócio e seja luz aonde for. Queremos te sustentar na oração. Obrigado por celebrar para nós e nos trazer a palavra. Ficamos felizes por seu testemunho de radicalidade. Obrigado por seu sim”, disse.

Festa da Epifania

Em sua homilia, Pe. Ticiano ressaltou o mistério da festa da Epifania, que significa a manifestação do Senhor. “Estamos no tempo do Natal vivendo a Epifania, o mistério de Deus que se manifesta a nós. Ele assumiu a nossa carne e nossa humanidade para dizer que tudo foi redimido Nele. Jesus deixou o seio do Pai na Trindade, porque ele já existia antes de tudo e de todos, para nos salvar. Não somos chamado a viver de qualquer jeito porque o filho de Deus se encarnou para trazer vida e salvação para nós. Não podemos ser cristãos quaisquer. Dissipa todas as trevas do nosso coração, Senhor”, rezou.

Especial Sacerdócio Shalom

Pe. Ticiano relembrou que as profecias diziam que o rei dos judeus seria adorado pelas nações de toda a terra. “Que as nações de toda a Terra possam adorá-lo. Que nações? As que existem nos nossos corações. Ainda há terras dentro do nosso coração que não se converteram ao Senhor. Venha para a luz aquilo que está nas trevas. Existe um convite de Deus de sairmos das trevas. Senhor, converte nossos corações com tua luz para que vivamos o mesmo que esses Reis viveram. Homens pagãos que foram guiados por uma estrela para adorar o Senhor”, completa.

Oferecer ouro é o reconhecer como rei, o incenso como sacerdote e a mirra como sacerdote, rei e profeta

Os reis magos abriram seus cofres e ofereceram de presente ao Senhor ouro, incenso e mirra. “O que temos oferecido a Deus? Oferecer ouro é o reconhecer como rei, o incenso como sacerdote e a mirra como sacerdote, rei e profeta. O que nós trazemos no coração e precisamos oferecer a Deus? Quais as terras mais distantes do nosso coração que precisam ser iluminadas pela luz? Jesus na sua manifestação de amor veio salvar o nosso coração das trevas que nos rondam. Estejamos atentos e não deixemos que nossos pecados obscureçam a luz que está em nós”, diz. 

Relembrando a primeira leitura do profeta Isaías, o sacerdote refletiu que a palavra diz: levanta-te, acende as luzes. “É porque estamos caídos e talvez na escuridão. Deus nos diz que é nossa luz e veio brilhar na nossa escuridão. O Senhor quer de maneira especial brilhar nos nossos corações e veio se manifestar como a luz que dissipa as trevas. Levanta-te, acende a tua luz, Shalom, porque eu vim iluminar as tuas trevas. Será que nosso coração está preocupado com essa luz que brilha nas trevas, com esse menino que quer nos encontrar ou estamos indiferentes?”, questiona.

Ainda referente às leituras do dia, o sacerdote refletiu acerca da Carta de São Paulo aos Efésios reforçando que se ao menos soubéssemos a da graça que Deus nos concedeu. “Não podemos viver de qualquer jeito. Levanta-te, Shalom. Levanta-te, povo de Deus. Acende a tua luz porque não dá mais para viver como vivia. Ou quente ou frio, o morno Deus vomita”, avalia.

Por Teresa Fernandes

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *