Shalom

Projeto Shalom Amigo dos Pobres já distribuiu mais de 500 cestas básicas em Salvador

Além das cestas básicas, o projeto faz distribuição de quentinhas, doações de sangue, encaminhamento para abrigos e comunidade terapêutica.

comshalom

“O novo que Deus quer realizar em nós, é de um extremo amor, que nos coloca em risco pelo outro”. Foi com essas palavras que Moysés resumiu o projeto Amigo dos Pobres.

Em Salvador, foram distribuídas 533 cestas básicas e mais de 300 quentinhas. Também foram feitas 49 doações de sangue e cinco encaminhamentos para abrigos e comunidade terapêutica.

O projeto nasceu no coração do fundador da comunidade, Moysés Azevedo, inspirado por Deus para que o carisma fosse uma resposta ousada e impactante. A iniciativa, que começou em Fortaleza, logo foi irradiada para as demais missões, concretizando assim a vontade de Deus.

A missão do projeto vai além de levar alimentação para as pessoas em situação de rua, ela retém essas pessoas para um cuidado mais profundo, cuidando da saúde como um todo. Existe uma equipe multidisciplinar que faz o primeiro atendimento, chamado S.O.S. Rua. A intenção é que os moradores de rua sejam orientados da melhor forma, caso algum deles sejam detectados com os sinais da contaminação do coronavírus.

Por vivenciarem quase que rotineiramente a solidão, muitos deles buscam apenas uma pessoa para poder conversar. Posteriormente, o diálogo se sucede para um verdadeiro grupo de oração, como conta a coordenadora de promoção humana, Mércia Rodrigues. -” Um dia, quando começamos a oração, um jovem se aproximou de nós e disse “Se for oração, eu também quero”. Então, estávamos ali, no meio da rua, mas que me senti em um verdadeiro grupo de oração. Pude perceber que eles também são pessoas espirituais, que desejam a Deus”.

Também existem pessoas que sentem a necessidade de largar o vício da dependência química, que, nesse caso, são encaminhadas para uma comunidade terapêutica. A estratégia do projeto são as parcerias. A Obra Lumen de Evangelização é uma delas, que apoia o projeto e cuida de moradores de rua e dependentes químicos. Essas ações acontecem em conjunto com eles para poder fazer o encaminhamento específico.

Para Suelly Soares, da Comunidade de Aliança, a experiência tem sido de muito aprendizado, tanto espiritual quanto humano. No contexto da pandemia, são notáveis os cuidados com a saúde que os voluntários aderem. Porém, isso não faz com que eles se oponham às necessidades de quem mais precisa.

A oferta, ela é necessária e importante nesse tempo. O medo da pandemia fica em segundo plano. Como diz na passagem do sermão da montanha: Os pobres herdarão o reino de Deus. Então, tenho muito a aprender com eles, no sentido de confiar inteiramente na providência divina. Nos estimula a desenvolver a nossa fé, conta Suelly Soares.

O diferencial do projeto é mais do que realizar uma ação social, ele tem como objetivo nos fazer verdadeiros Amigos dos Pobres. Por isso, o projeto traz essa missão, de saber os nomes dos irmãos em situação de rua, conhecer suas histórias de dores e alegrias. E também de nos tornarmos próximos deles como amigos, onde eles poderão contar com a nossa presença.

Para conhecer mais o Projeto e saber como participar tanto doando alimentos e material de higiene como se voluntariando para doar seu tempo em favor dos pobres da cidade, basta acessar o site da campanha ou entrar em contato conosco  por telefone ou pelas  nossas redes sociais. 

 

 

Contato: (71) 9301-3901 – Manuel

Site da campanha :www.amigodospobres.org.

Instagram: www.instagram.com/shalomsalvador @shalomsalvador

YouTube: www.youtube.com/user/comshalomsalvador


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *