Notícias

Ser missionário é um serviço essencial, revela documentário Amigo dos Pobres

O longa metragem traz ao público a realidade emocionante vivida pelos voluntários com pessoas em situação de rua desde o início da pandemia.

comshalom

Em 2020, as casas de missão da Comunidade Católica Shalom se transformaram em lugares de acolhimento e de resgate dos mais necessitados.

Com a pandemia de COVID-19, os missionários voltaram o olhar para aqueles que não tinham sequer um local para realizar higiene pessoal. Durante 4 meses, diversos centros de evangelização ganharam nova estrutura: nos estacionamentos; tendas de banho, nos outros espaços abertos; triagem dos possíveis infectados. A distribuição de roupas, calçados e alimentos também foi essencial para a sobrevivência daqueles que não têm lar.

E aos poucos, os missionários foram conhecendo histórias, rostos concretos de pessoas que têm nome, sobrenome — e que nessa pandemia também ganharam uma nova família.

O Projeto Shalom Amigo dos Pobres vai ficar para a história. Todos aqueles que passaram por ele também. O documentário que vai retratar a realidade vivenciada por milhares de pessoas neste tempo foi entitulado de “Iguais“.

Segundo Wilde Fábio, produtor artístico do documentário que retrata o que foi vivenciado pelos voluntários nos últimos meses, o longa conta histórias reais de “pessoas que sendo iguais, tanto em pobreza, como em dignidade, podem enriquecer-se mutuamente.“ Por isso — afirma Wilde — não basta servir os pobres, é necessário ser Amigo dos Pobres.

Acompanhe a produção abaixo e compartilhe o link com os seus amigos

leia mais:

Projeto Shalom Amigo dos Pobres continua no pós-pandemia


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *