Notícias

The Chosen apresenta a santidade como algo possível

Primeira série multi-temporada que mostra a vida de Jesus e o chamado que Ele faz a seus discípulos. Os episódios estão disponíveis gratuitamente por meio de aplicativo.

comshalom

Lançada em 2017, a série The Chosen (Os Escolhidos) tem emocionado milhões de pessoas no mundo inteiro. Em 2019, a produção audiovisual bateu o recorde de arrecadação em uma vaquinha virtual para projetos de entretenimento. O conteúdo da série The Chosen apresenta o chamado que Jesus faz a seus discípulos a partir de uma perspectiva diferente. Cada personagem traz uma contextualização importante que ajuda a compreender as suas ações. A primeira temporada está disponível gratuitamente por meio de aplicativo e conta com oito episódios, além de conteúdos extras.

A escolha de Cristo é um resgate

Para a cineasta Camila Oka, a narrativa mostra que a santidade é possível ao retratar a humanidade dos personagens. “Os escolhidos não são perfeitos, não vieram prontos. São homens e mulheres pecadores, mas com um coração radical no chamado de Cristo”. Na série, fica evidente a força do Evangelho que é capaz de transformar a vida dos discípulos. Além da qualidade técnica, Camila destaca a experiência que teve ao assistir à produção. 

“O desejo de seguir Jesus não vem com bulas e explicações, é apenas um fogo que arde em nosso peito e que nos diz: Vem e segue-me. E é aí que caímos no choro. Que alegria é lembrar daquela primeira voz. Ver em uma cena cinematográfica a mesma frase traz para mim uma memória de redenção e eleição”.

Padre Franco Galdino explica que o autor consegue colocar a humanidade e a dignidade de Jesus de forma esplendida na estética de cinema. Além disso, cada episódio tem uma beleza própria por trazer traços minuciosos da geografia e da cultura hebraica. O sacerdote ressalta que o contexto em que os personagens estão inseridos enriquece ainda mais a narrativa. Ele confessa que chegou a se emocionar com algumas cenas.

Cenas que mais marcaram

Entre as cenas que mais chamaram sua atenção, a zootecnista Polyana Andrade ressalta três: o encontro de Jesus com Madalena, o chamado de Mateus e a conversa no poço. “No encontro com Madalena, Jesus toca a mão dela, vai em sua direção, e, em meio ao seu inferno, a chama pelo nome, restaurando sua dignidade e sua identidade. É ele quem caminha ao encontro dela e a toca”, comenta.

No chamado de Mateus, Jesus fita o olhar e o “convence” dia após dia a segui-lo. Segundo Polyana, é dessa forma que ele age com seu povo ainda hoje. “Ele trata Mateus entendendo sua fragilidade e exaltando suas virtudes”. Já no poço com a samaritana, Jesus senta para dialogar paciente e atentamente. Ele vai vencendo as barrerias e as resistências que a mulher criou por causa da dor sofrida em seu passado.

A jornalista Mayara Raulino destacou a cena de Jesus com a esposa de Pedro. Ele a elogia e diz que vê em Pedro o mesmo que ela vê. De forma encarnada, Jesus reconhece a alegria que ela sente em ver Pedro no caminho certo, contudo Cristo também percebe a sua dor. Ele sabe que não é fácil para ela, porque, pela graça do matrimônio, eles são uma só carne e um só coração. Também jornalista, Ângela Barroso diz que esse diálogo poderia ser contrastado com a conversa de Nicodemos com sua esposa. “Você assiste a essa série cinco vezes e ainda encontra detalhes ricos”, afirma.

Personagens tocantes e roteiro leve

Para o creator Antônio Marcos, o personagem André, irmão de Simão Pedro, é muito esponsal. “Ele é daquele tipo apaixonado. Na cena em que ele e Simão estão saindo de casa, Jesus fala para Simão: Vá no quarto e me espere. André já larga as cosias e vai. E Jesus nem com ele falou”. Já Dinah, segundo Antônio, tem um olhar missionário sem sair de casa. Ela sabe da missão do seu esposo e o incentiva a ser fiel ao seu chamado.

Outro personagem que merece destaque é Nicodemos. A luta dele em relação ao convite de Jesus é dolorosa. Ele sente seu coração arder para corresponder à voz do Senhor, mas preso pela tradição e pela sua “situação social” não consegue dar o passo. Contudo, ele continua a acompanhar Jesus em sua missão, ajudando-o até financeiramente. O diálogo de Cristo com o Mestre da Lei é outra preciosidade que essa obra audiovisual traz.

“Mesmo tendo os conhecimentos bíblicos, a série me surpreende. O roteiro é incrível porque pega as características dos personagens, os seus temperamentos e as individualidades”, partilha Valmon Matos, universitário. O jovem destaca alguns diálogos que trazem sacadas interessantes e dão leveza à narrativa, como a fala da irmã de Tomé ao dizer que ele nunca se atrasa. Outro momento em que o roteiro emociona é no diálogo de Jesus com as crianças. Inclusive, esse momento rendeu um episódio inteiro.

Sobre a série The Chosen

The Chosen é uma produção cristã. No aplicativo, além dos episódios, é possível assistir a mesas redondas com especialistas em Bíblia e sacerdotes. O projeto foi concebido por Dallas Jenkins e conta com um grande elenco. O ator que interpreta Jesus, Jonathan Roumie, costuma rezar o Terço da Divina Misericórdia em seu perfil no instagram e se declara como católico praticante em entrevistas. A primeira temporada contou com financiamento coletivo e a segunda segue no mesmo ritmo.

Clique e baixe o aplicativo para assistir


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1. Ainda estão arrecadando o financiamento para gravar a 2 temporada, no aplicativo tem a opção de “pagar adiantado”, lá as pessoas que tem cartão de crédito internacional podem doar para a produção a partir de 14.99 dólares

    1. Ainda estão arrecadando o financiamento para gravar a 2 temporada, no aplicativo tem a opção de “pagar adiantado”, lá as pessoas que tem cartão de crédito internacional podem doar para a produção a partir de 14.99 dólares