Shalom

Aliança VMS fala sobre a missão de evangelizar por meio do Rap

O grupo Aliança VMS, composto por membros da Obra e da Comunidade Católica Shalom da missão de Santo Amaro (SP), tem evangelizado por meio desse ritmo.

comshalom

O Rap é um estilo musical que consiste em discurso ritmado acompanhado de rimas para expressar uma mensagem. O grupo Aliança VMS, composto por membros da Obra e da Comunidade Católica Shalom da missão de Santo Amaro (SP), tem evangelizado por meio desse ritmo. Inclusive, no dia nacional do Rap, 6 de agosto, o grupo teve a oportunidade de partilhar, em programas da Rede Vida de Televisão, sobre a experiência de anunciar a Palavra de Deus para jovens por meio do Rap.

Para Marcelo Cunha, integrante da Aliança VMS, o convite para participar dos programas foi algo sensacional. Ele e outros companheiros falaram sobre a missão e os desafios da evangelização, por meio desse estilo musical, nos programas Conta Comigo e Escolhas da Vida, ambos da Rede Vida de Televisão. Marcelo contou também ao comshalom como tem sido esse processo nesse tempo de pandemia em que os tradicionais encontros de Rap estão restritos a pequenos públicos.

Leia também | Halleluya SP traz Aliança VMS, Rap aos moldes Shalom

“As ações de evangelização nesse tempo têm sido desafiantes, mas conseguimos participar de um Sarau, seguindo os protocolos sanitários, no Centro de Evangelização. O encontro também foi transmitido pelo YouTube. Além disso, nós fizemos algumas lives com irmãos da Comunidade. Paralelo a isso, também apoiamos a missão de Santo André com um jingle para um Seminário de Vida no Espírito Santo e um jingle para o Alegrai-vos [retiro de carnaval]”, conta Marcelo.

Marcelo ressalta que o grupo está aberto para novas experiências e ações de evangelização. Eles seguem apenas aguardando o melhor momento para isso, por conta da pandemia. “Estamos com projetos de clipes em mente e em breve teremos mais informações sobre isso. O grande diferencial do VMS é o Carisma, não olhamos a arte pela arte, mas o Rap como meio para impulsionar o principal que é o Ressuscitado”, reforça. 

Leia também | Evangelizar na condução do Pai

*Colaborou Jéssica Maia


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.