Notícias

Ensinamentos de São João Paulo II sobre a Quaresma

A Quaresma é período de penitência, de conversão, de mudança do coração, que nasce da meditação da Paixão e da Morte de Jesus Cristo.

comshalom
(Imagem/ Reprodução)

Papa João Paulo II deixou muitos ensinamentos sobre a Quaresma. O Papa peregrino é um grande amigo da Comunidade Shalom, por isso vale a pena aprender com ele como melhor viver este tempo em que a Igreja nos convida à conversão. 

Confira| Um novo olhar neste tempo quaresmal

A princípio, João Paulo II considerava a Quaresma como uma oportunidade única para nos rendermos à caridade cristã, fazendo o bem aos mais vulneráveis da sociedade. Em 1981, ele ratificou este pensamento:

“Sim, a Quaresma é um tempo de verdade! Examinemo-nos com sinceridade, franqueza e simplicidade! Os nossos irmãos estão ao nosso lado, na pessoa dos pobres, dos doentes, dos marginalizados e dos velhinhos. A que ponto estamos com o nosso amor? E com a nossa verdade?”

Confissão e conversão 

São João Paulo II recordava de três pontos, que lembram especialmente o processo vivido na Parábola do Filho Pródigo:

O afastamento: Quando se afasta de Deus, esquece-se dos bens e talentos que Ele dá a cada pessoa. O pecado faz com que se esqueça dos bens mais preciosos que se possui. 

O processo: O processo de conversão começa quando percebe-se, após o afastamento, tudo o que se perdeu. Neste processo, é preciso o amadurecimento para que haja a volta. Precisa-se ter a certeza de que Deus é bom e misericordioso e não deixar a vergonha do retorno ser maior.

O retorno: Após a decisão e o amadurecimento, acontece o retorno. E quando se volta aos braços do Pai, encontra-se a misericórdia, que acolhe independente da circunstância. Assim como na Parábola do Filho Pródigo, é preciso que saibamos retornar à Casa do Pai. A Quaresma é um chamado profundo para a nossa conversão!

“Se é verdade que o pecado fecha o homem a Deus, ao contrário, a sincera confissão dos pecados abre-lhe a consciência à ação regeneradora da Sua graça” (São João Paulo II).

Ao preparar-se para a Semana Santa que se aproxima pense em como você pode servir ao próximo, privando-se não só do que não é essencial para você, mas também ajudando com aquilo que é vital para amenizar o sofrimento do outro.

Obras de misericórdia

A Mensagem do Papa João Paulo II em 1999 para a Quaresma citava sobre a espera do banquete que o Senhor preparava para o povo e essa espera causava alegria e gratidão, mas precisaria de obras de misericórdia para gerar frutos de caridade.

Leia também| Quais são as obras de misericórdia?

A Quaresma, vivida com os olhos postos no Pai, torna-se assim um tempo particular de caridade que se concretiza por meio das obras de misericórdia corporais e espirituais. Penso de modo especial aos que estão excluídos do banquete do consumismo quotidiano. Há tantos «Lázaros» que batem às portas da sociedade: são todos aqueles que não participam das vantagens materiais resultantes do progresso. Existem situações perduráveis de miséria que não podem deixar de tocar a consciência do cristão e lembrar-lhe o dever que tem de enfrentá-las urgentemente, seja de modo pessoal seja comunitário.”

A Igreja indica neste tempo a oração, a penitência e a caridade. “É-nos concedido, desse modo, experimentar a superabundância do amor do Pai celeste, que em plenitude foi dado à humanidade inteira no mistério pascal” (São João Paulo II).

Coragem e decisão

A Quaresma imprime a coragem de seguir com fidelidade o Evangelho, largando o pecado e deixando tudo para trás. Transforma-se em vida nova.

“A cruz se transforma também em símbolo de esperança. De instrumento de castigo, passa a ser imagem de vida nova, de um mundo novo” (São João Paulo II)

Deste modo, olhar para todo sofrimento do Cristo feito por amor deve tornar-se símbolo de conversão, mudança de vida, sem qualquer sombra de dúvida. Ao perceber que mesmo com as falhas Ele acolherá, é sinal de que é tempo de mudar, de amadurecer e seguir o Evangelho. 

“Maria, Mãe da misericórdia, sustenta os nossos passos! Foi Ela a primeira que teve conhecimento e acolheu o desígnio de amor do Pai, acreditou e é «bendita entre as mulheres» (Lc 1, 42). Obedeceu no sofrimento, tornando-se assim a primeira que participou na glória dos filhos de Deus.

Com a sua presença, Maria nos conforte; seja «sinal de esperança segura» (Lumen gentium, 68) e interceda junto de Deus, para que venha sobre nós uma renovada efusão da misericórdia divina.”

E assim como Maria disse SIM e acolheu a vontade do Pai abrindo-se a Obra Nova, é tempo de decidir pelo novo de Deus que derrama graças abundantes e motiva a ter coragem, renúncia e disposição em permanecer nos caminhos do Pai.

Tempo de conversão

Nesse sentido, a conversão é uma necessidade constante para todos, uma busca diária. Quando se entende que a conversão também é para nós, busca-se viver segundo o Evangelho, e assim, a Quaresma terá sentido pleno. Não tenha medo de assumir o chamado de Deus!

São João Paulo  II diz: “Não tenhais medo! A alegria do Senhor crucificado e ressuscitado seja a vossa força, e Maria Santíssima esteja sempre ao vosso lado”.   

Neste tempo quaresmal, compreenda o seu chamado à conversão e a busca pela santidade diariamente como São João Paulo II tanto ensinou. Vamos sem medo viver uma Quaresma de profunda oração e entrega a Deus!

[Confira a página especial da Quaresma]

Retiro de Semana Santa Shalom 2022

 A Comunidade Católica Shalom promoverá o seu tradicional retiro de formação e oração em uma edição híbrida. O encontro acontecerá dos dias 14 a 17 de abril  de 2021 e será transmitido pelo Canal no YouTube. Entre os pregadores do retiro, estão Moysés Azevedo e Emmir Nogueira, fundador e cofundadora da Comunidade Shalom. Na programação ainda haverá a tradicional Via-Sacra organizada pelos artistas Comunidade Shalom.

A inscrição para o Retiro de Semana Santa é gratuita, clique no link e faça já a sua inscrição. 

[CLIQUE AQUI e faça a sua inscrição]

Meditações para a Semana Santa 

Meditações para a Semana Santa já está à venda nas Edições Shalom. A obra, que é um auxílio para a boa vivência do espírito litúrgico desse tempo especial, será utilizada pelos participantes do Retiro da Semana Santa 2022, da Comunidade Católica Shalom. Essa edição traz orientações e reflexões para oito dias, do Domingo de Ramos ao Domingo de Páscoa. A semana mais importante para a fé católica será meditada segundo o versículo de Jo 13,34: “Amai-vos como Eu vos amei”.

Adquira o livro Meditações para a Semana Santa

Serviço

Retiro de Semana Santa (on-line)
Quando: 14 a 17 de abril de 2022
Onde: Canal da Comunidade Católica Shalom no YouTube 
Inscrição para o retiro on-line: semanasanta.com.br

Confira também: 

Recomendações de Santo Agostinho para a boa vivência da Quaresma

10 dicas de São Pe. Pio para viver bem a Quaresma

Santa Faustina e os pequenos sacrifícios da Quaresma

‘Vivam a Quaresma como Teresinha’, pede Emmir Nogueira

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.