Formação

O que é uma vida carismática?

Mais do que pertencer a um movimento, ser carismático consiste no exercício dos carismas em sua plenitude, sem Espírito de divisão ou vanglória. Devem ser usados na edificação da Igreja de Cristo, para que todos os povos conheçam a Verdade e que se voltem inteiramente para o Senhor.

comshalom

“Esse padre é tão carismático! Fulano é carismático? Estou precisando de um pregador bem carismático”. Mas a final o que é ser uma pessoa carismática? Infelizmente, esse título “carismático” parece ter se reduzido simplesmente a membros do belo e frutuoso movimento da RCC (Renovação Carismática Católica).

Todavia, a verdade é que não deveria ser assim, pois todo batizado é carismático por virtude da graça, pois recebeu, por meio desse Sacramento, o Espírito Santo de Deus. O triste, porém, é que muitos cristãos católicos, legitimamente batizados, insistem em viver como vidros de perfumes fechados. Um perfume pode ser precioso como for, cheiroso como for, mas se o vidro ficar fechado, o cheiro não vai exalar. Do mesmo modo, uma vida Carismática para ser frutuosa, deve ser uma vida santa, buscando sempre em Deus a graça de não perder a liberdade e a docilidade do Seu Espírito. Uma vida aberta à graça, como o vidro de perfume precisa estar aberto, para que sintamos sua fragrância.

Sobre isso, vai dizer o grande Papa Francisco, num encontro internacional com os membros da RCC em 1º de Junho de 2014:

Vocês, o povo de Deus, o povo da Renovação Carismática, tenha cuidado para não perder a LIBERDADE QUE O ESPÍRITO SANTO NOS DEU! Perigo para a Renovação, como costuma dizer o nosso querido Pe. Raniero Cantalamessa, é a organização excessiva: o perigo de organização excessiva. Sim, vocês precisam de organização, MAS NÃO PERCAM A GRAÇA DE DEIXAR DEUS SER DEUS. (…) ‘No entanto, não há maior liberdade do que deixar-se liderar pelo Espírito, renunciando calcular e controlar tudo, e permitir que Ele nos ilumine, guie-nos; guiar-nos, mover-nos aonde Ele quer. Ele sabe o que é necessário em todas as épocas e em todos os momentos. Isso é chamado a ser misteriosamente fecundo’ (ibid., n. Evangelii Gaudium, 280)”.

Pensa que acabou? Olha só o que o Santo Padre, continua a dizer:

“Outro perigo é tornarem-se ‘CONTROLADORES DA GRAÇA DE DEUS’. Muitas vezes, os coordenadores de alguns grupos ou algumas comunidades, e eu gosto mais da denominação ‘servos’, tornam-se, talvez inconscientemente, os administradores da graça, decidindo quem pode receber o derramamento de oração ou batismo no Espírito, e aqueles que não podem. Se alguns fazem isso, por favor, não façam mais, não façam mais isso! Vocês são dispensadores da graça de Deus e não controladores! NÃO SEJAM ALFÂNDEGA AO ESPÍRITO SANTO! ”

Testemunhas do amor de Deus

O Espírito Santo, segundo o Santo Padre, faz de nós, por virtude de sua graça, testemunhas do amor de Deus. “Eles me pediram para dizer à Renovação o que o Papa espera de vocês. A primeira coisa é a conversão ao amor de Jesus que transforma vidas e faz do cristão uma testemunha do amor de Deus. A Igreja espera que este testemunho de vida cristã e do Espírito Santo nos ajude a viver a coerência do Evangelho para nossa santidade. Espero que vocês compartilhem com todos na Igreja a graça do Batismo no Espírito Santo (uma expressão que pode ser lida nos Atos dos Apóstolos) ”.

Pessoalmente, em minha vida, posso confirmar muito essas palavras do Santo Padre, pois o grande fruto da efusão do Espírito Santo em minha vida foi a certeza e a convicção de que eu era amado por Deus. Um amor tão pleno, tão perfeito e imutável, que eu não poderia fazer outra coisa na vida, a não ser contribuir para que outros corações o descobrissem também.

Como expressão de que fomos alcançados e transformados por esse amor, pede então o Santo Padre: “Espero de vocês uma evangelização com a Palavra de Deus que anuncia que JESUS ESTÁ VIVO e AMA TODAS AS PESSOAS. Que vocês deem um testemunho de ecumenismo espiritual com todos os irmãos e irmãs de outras Igrejas e comunidades cristãs que creem em Jesus como Senhor e Salvador. Que vocês permaneçam unidos no amor que o Senhor Jesus pede a todos os homens e na oração do Espírito Santo para chegar a esta unidade, que é necessária para a evangelização, em nome de Jesus”.

Uma vida carismática, se é madura e autêntica, gera comunhão, um amor entusiasmado por Deus, pelo Evangelho, pela Igreja, e isso consequentemente atrai as ovelhas que por alguma razão afastaram-se desse rebanho.

Que nesse Pentecostes, sejamos todos mergulhados no oceano da graça de Deus, por meio do seu Espírito Santo, para que todos possamos ter uma vida carismática, pois uma vida carismática é uma vida feliz e santa.

Deus te abençoe sempre, Shalom!

Leia também: 

Conheça Patti Mansfield, uma das pioneiras da experiência carismática no mundo

Escute agora: Sequência de Pentecostes – Shalom

Oração ao Espírito Santo

Terço do Espírito Santo

Os dons de santificação do Espírito Santo

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *