Formação

Por que Agosto é o mês das vocações?

Você sabia que a cada domingo a Celebração Litúrgica é dedicada a uma vocação específica? Celebramos as vocações: sacerdotal, matrimonial, religiosa e leiga.

comshalom

Dedicado à oração, assim é conhecido o mês de agosto, com reflexões e olhares voltados para as vocações. De domingo a domingo, em forma de oração, a intenção é pedir a Deus que prepare boas pessoas para cumprir e aceitar o chamado, tornando o discernimento como algo essencial em nossa vida.

E como Comunidade Católica Shalom, nos unimos à Igreja e a você para conhecermos e rezarmos juntos pelas Vocações. Nesse mês em especial, nos conscientizamos de nossas responsabilidades como cristãos, pois não podemos nos esquecer da vocação primeira e mais importante de todas: a vocação à vida cristã! Todos somos vocacionados à santidade e fora desse caminho não temos como viver bem qualquer que seja o nosso chamado pessoal.

Por isso, o mês de agosto é tão importante: é um tempo de esperança e de entendimento sobre o que Cristo quer para a vida de cada um de nós. Dividida por domingos, a celebração do Mês Vocacional acontece da seguinte forma:

Primeiro domingo de agosto, celebra-se a vocação sacerdotal

O sacerdócio é um dos sinais do amor e da fidelidade de Deus, que escolhe homens para colocá-los a serviço do povo numa dádiva definitiva da sua existência. A vocação de padre representa Cristo dentro da comunidade, sendo seu exemplo e semelhança! 

Atualmente também se comemora o dia das vocações diaconais, ou dia das vocações aos ministérios ordenados. Essa comemoração se deve ao fato de no dia 4 de agosto celebrarmos o dia de São João Maria Vianney, o Cura D’Ars, patrono dos padres e, no dia 10 de agosto, o dia de São Lourenço, patrono dos diáconos.

No segundo domingo comemora-se a vocação matrimonial

Em agosto temos o Dia dos Pais, que no Brasil esse dia é comemorado porque antigamente no dia 16 de agosto celebrava-se o dia de São Joaquim, pai de Nossa Senhora e, por isso, adotou-se esse dia e depois o domingo para essa comemoração. Devido a esse fato, nesta data é comemorada a vocação matrimonial.

Em parceria com a mãe, ser pai é exercer um papel de educador do lar, um dos pilares para filhos bem formados e conscientes do que significa seguir a vida cristã. Dentro da comunidade, se é reconhecida que a valorização da família é fundamental para a sociedade como um todo, pois é onde se inicia cada um dos valores de um ser humano.
Cabe aos pais, com amor, compaixão e fé, fazer do seu lar um ambiente que vive o caminho de verdade de Cristo.

Terceiro domingo é dedicado a vocação à vida consagrada

Essa recordação é feita porque no dia 15 de agosto celebramos o Dia da Assunção de Maria aos céus, Solenidade que aqui no Brasil é transferida para o domingo seguinte.

Homens e mulheres que consagram suas vidas a Deus e ao próximo. Desta vocação brotam carismas e atuações que enriquecem nossas comunidades com pessoas que buscam viver verdadeiramente seus votos de castidade, obediência e pobreza. São testemunhos vivos do Evangelho.

Perseverantes, os religiosos estão a serviço do Povo de Deus por meio da oração, das missões, da educação e das obras de caridade. Com sua vida consagrada, eles demonstram que a vida evangélica é plenamente possível de ser vivida, mesmo em mundo excessivamente material e consumista. São sinais do amor de Deus e da entrega que o homem é capaz de fazer ao Senhor.

No quarto domingo, as vocações leigas

Ser leigo atuante é ter consciência do chamado de Deus a participar ativamente da Igreja e do Reino contribuindo para a caminhada e o crescimento das comunidades rumo a Pátria Celeste. Assumir esta vocação é doar-se pelo Evangelho e estar junto a Cristo em sua missão de salvação e redenção.

Esses chegam aonde o sacerdote não chega, levando a luz de Cristo aos ambientes de trevas, de pecado, de injustiça, de violência, de opressão e de maldade. E, assim, levando tudo a Deus, o leigo contribui para o louvor do Criador.

Constrói o mundo pelo trabalho, colocando na obra de Deus a sua assinatura e propagando todas as maravilhas que o Senhor criou e que faz em nossas vidas. Celebra-se então, a vocação de todos os leigos que, dedicam suas vidas para os serviços pastorais e missionários.

Seja na liturgia, ministério de música, ações de caridade ou nas diversas pastorais existentes, os leigos são vocacionados incansáveis que contribuem para a caminhada e o crescimento da comunidade.

O leigo tem como vocação própria, procurar o Reino de Deus exercendo funções no mundo, no trabalho, mas encaminhando e guiando-se segundo o plano e a vontade de Deus. São chamados e aceitam ser “sal da terra e luz do mundo”.

E quando há, quinto domingo, celebra-se o dia do catequista

Nos anos em que o mês de agosto possui cinco domingos, a Igreja celebra neste dia o ministério do Catequista. Os catequistas são, por vocação e missão, os grandes promovedores da fé na comunidade cristã preparando crianças, jovens e adultos não só para os sacramentos, mas também para darem testemunho de Cristo e do Evangelho no mundo.

Eles oferecem seu tempo para cativar jovens, crianças e adultos, mostrando a beleza de um Deus, e a misericórdia Dele para com a Igreja. São o sinal visível da missão da Igreja!

Para descobrir sua vocação e manter-se firme no caminho de Deus é essencial manter uma vida de oração e intimidade com Sua voz. Na Comunidade Shalom, temos o serviço do Vocacional Shalom, com conteúdos nas redes sociais, Youtube e aqui no Portal. 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.