Institucional

Missão é tocar a alma da cidade

shalom-rio-campanha-da-quaresma-IMG_20150223_201225652_HDR“Depois da visita da assistência apostólica e treinamento no governo geral, surge uma nova mentalidade como missão da Comunidade Shalom no Rio de Janeiro”. Assim o coordenador apostólico, padre Jean Fernandes, começou a assembleia comunitária na última segunda-feira, 15 de junho. “O foco é a expansão da Obra, sem descuidar das ações querigmáticas e pastoreio”, disse ele sobre a nova mentalidade. “É o tempo de irradiação”.

De acordo com ele, a missão está em crescimento. “Somos um povo em movimento, testemunhas e evangelizadores”, disse. “Outra marca deste tempo é o protagonismo da Aliança e da Obra”. Todo esse esforço em vista de um “efeito multiplicador”. “Precisamos sair dos centros de evangelização”, disse.

Hoje, a missão conta com a participação de 700 pessoas engajadas na Obra e 250 na Comunidade de Vida (CV) e Aliança Shalom.

A missão está presente em cinco pontos da cidade. No Catete, zona sul do Rio, onde funciona um centro de evangelização (Rua Bento Lisboa, 112), uma casa comunitária da CV (Comunidade de Vida), é a sede do governo local, e onde ocorrem células comunitárias. O setor Vigário Geral, na zona Norte, conta com um centro de evangelização no shopping Via Brasil, casa da CV, asilo da Promoção Humana, e células comunitárias.

A força da Zona Oeste

Na zona oeste, três bairros contam com ações da missão. Bangu recebe uma casa da CV e projeto Volta Israel (comunidade terapêutica para recuperação de dependentes químicos). Santa Cruz conta com uma comissão de irmãos da Aliança que preparam a instalação de um centro de evangelização. “Em breve, será aberto”, garantiu padre Jean. No Recreio, na zona oeste, funciona uma escola de evangelização, que auxilia o trabalho da capela do Américas shopping com ações kerigmáticas e grupos de oração.

Para este tempo novo, o padre destacou três dimensões: o pastoreio geral, que é coordenado pela missionária da CV, Poliana Inácio, a irradiação da missão, sob o comando da consagrada da Aliança, Bianca Nogueira, e o setor kerigma, na liderança de Marcus Vinícius, postulante da Aliança, e o engajamento, com o consagrado da Aliança, Marcelo Brandão, que vai montar um banco de dados.

O setor kerigma vai planejar e realizar eventos como vigílias, semana missionária.

Padre Jean destacou as metas: “Em 2016, Deus nos pede para estarmos na alma da cidade”. Pelas projeções, o cálculo é alcançar 1.200 pessoas na Obra.

A responsável local pela missão, Roneide Santos, ressaltou o objetivo central da missão. “Tudo em vista de evangelizar o povo do Rio”, disse. “Vamos tocar na alma do povo e da cidade com seminários, grupos de oração, eventos, cursos de formação”.

Para mais informações sobre nossas atividades ou sobre o Shalom no Rio:
sitecomshalom.org/rio
face www.facebook.com/shalomrio
fone: (21)98110.7575 ou (21)98001.3047.

confira-também

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *